Dezenas de desaparecidos num naufrágio junto à Líbia

0
392
Navio em alto mar transportando imigrantes

Várias dezenas de pessoas estão desaparecidas, e teme-se que tenham morrido, depois de uma embarcação ter naufragado hoje de madrugada na costa da Líbia, com cerca de 100 migrantes, segundo relatos de uma agência da ONU.

De acordo com o Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas (ACNUR), foram encontrados destroços da embarcação, que deveria transportar cerca de 100 pessoas, estando muitas delas desaparecidas, temendo-se que tenham morrido afogadas.

“Ainda não é claro quantas morreram e quantas estão vivas”, escreveu na rede social Twitter um responsável pela linha telefónica de emergência da ACNUR, ao início desta tarde.

A delegação da ACNUR na Líbia usou também o Twitter para reconhecer a tragédia, que se soma ao naufrágio de uma outra embarcação, na segunda-feira, cujos migrantes estão ainda a ser assistidos a bordo de um navio com bandeira alemã, a quem foi interdito o atrancamento nos portos italianos.

Para resgatar os náufragos de hoje, a guarda costeira da Líbia e vários pescadores locais estão a participar em operações no Mediterrâneo, procurando salvar o maior número possível de migrantes.

Segundo a ACNUR, a embarcação terá partido do porto de Al Khums, na Líbia, com cerca de 100 migrantes, provenientes de vários países, incluindo o Sudão, o Egito e a Tunísia.

O alerta foi dado durante a madrugada de hoje, mas não foi possível estabelecer contacto radiofónico com a embarcação.

“Não sabemos o que aconteceu aos migrantes. Esperamos que ainda estejam vivos. Mas tememos o pior”, escreveu no Twitter um membro da linha telefónica de emergência da ACNUR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here