”As pessoas ricas focam-se nas oportunidades, as pessoas de mente pobre se focam nos obstáculos”

0
278

Gaspar Almeida (Médico reformado, Empresário, Networker)
Nossa vida é como uma empresa. Cada um de nós é um gestor de empresas.Todo o empresário deve focar em aumentar os Rendimentos da sua empresa. No decurso da minha formação como Networker contactei vários autores. Hoje destaco T. Harv Eker, autor do livro ” Segredos da Mente Milionária”. Excelente para quem quer melhorar suas finanças pessoais. Deu-me várias dicas para acreditar em mim e poder convencer-me de que com veículo económico adequado podemos construir nossa liberdade financeira.

O livro esta repleto de vários “Arquivos de Riqueza”. Aconselho vivamente a lê-lo. O QUINTO ”Arquivo da Riqueza” é: “As pessoas de Mente Milionária focam-se nas Oportunidades e as pessoas de Mente Pobre se focam nos Obstáculos”.

Debruçarmos sobre este assunto se torna muito actual atendendo aos condicionalismos presentes.

Efectivamente as Pessoas Ricas estão programadas para ganhar. Estão formatadas para procurar Oportunidades e aproveitam momentos de crise para crescer.

São personalidades que da “CRISE” retiram a letra “S” e ficam com “CRIE ” e por isso se tornam Criativos.

Temos hoje muitos exemplos de empresas que converteram sua produção normal para fabricarem produtos adequados a pandemia. Fantástico exemplo. Segundo a Lei da Atração, atraímos o que pensamos. Se procurarmos oportunidades, o Universo nos oferece oportunidades, se nos concentramos nas dificuldades elas crescem.

O famoso escritor americano, Stephen Covey, autor do livro “Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, ajuda-nos a compreender esta problemática. Stephen refere no primeiro hábito relativo à “Ser Proativo e não Reativo” que, através da linguagem de cada um, se descobre quais são as Pessoas Proativas e quais as Reativas. 

Exemplo:

As pessoas proativas actuam na sua Área de Influência e consequentemente aumentam os seus resultados. São responsáveis pelos seus actos. Assumem a responsabilidade. 

Os reativos consideram que a responsabilidade é dos outros.

É vítima das circunstâncias, é vítima dos outros. “Sou assim mesmo e pronto”.

Para compreendermos bem estes comportamentos Covey relata no seu livro a história de José do Egipto. O menino hebreu, de 17 anos, odiado pelos irmãos, foi vendido a mercadores que o venderam no Egipto como escravo.

Sozinho, abandonado num país hostil, foi maltratado e preso. Passou as “passas do Algarve”. Durante o cativeiro José manteve postura Proativa. Não criticou seus irmãos nem amaldiçoou os seus carrascos das prisões. Manteve a Fé no seu Criador. 

Como prémio pelo bom comportamento e por ter decifrado o sonho do Faraó, este nomeou-o 1º ministro do Egipto na altura. Este país com governo do José conheceu grande prosperidade.

Como conclusão devemos com S. do Harver fazer a declaração seguinte: 

1-Foco-me nas oportunidades e não nos Obstáculos.

Tenho Mentalidade de Milionário. (X)                   
                                           

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here