Cabo Verde – livre de doenças transmitidas pela picada do mosquito

0
147

O ministro da Saúde cabo-verdiano disse hoje que Cabo Verde não regista casos naturais de doenças transmitidas por mosquitos há quase dois anos, mas pediu esforços redobrados devido à localização do país.

O ministro, afirmou que Cabo Verde é um país onde a mobilidade é cada vez maior e que o arquipélago está situado “num ponto de cruzamento”, sendo um deles a América do Sul, mais concretamente do Brasil, que tem tido casos de dengue e febre-amarela.

Segundo Arlindo do Rosário o dia de hoje, não é para celebrar o caminho percorrido até agora, e sim, chamar a atenção para redobrarmos os esforços para esse envolvimento que tem sido registado até agora, com a comunidade e com os vários parceiros, que continue, porque há ainda um caminho longo a ser percorrido e não podemos, de forma nenhuma, baixar os braços.

O ministro disse que é preciso continuar o mesmo trabalho com a população, bem como reforçar as capacidades de detenção precoce dos casos, e apelou para a comunicação social continuar a cumprir o seu “papel fundamental”.

Em janeiro de 2017, Cabo Verde foi distinguido pela Aliança de Líderes Africanos contra a Malária (ALMA) com o prémio Excelência 2017, pelos resultados alcançados no combate à doença, mas nos últimos meses do mesmo ano registou uma epidemia, com cerca de 430 casos e duas mortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here