Dilema de jovem árabe é filme de destaque no Festival Internacional de Cinema sobre a Migração da ONU

0
251

Manuel Matola

A agência da ONU para as Migrações lançou esta semana o filme “Offside (Abseits)” em formato digital que relata um episódio da vida de Dastan, um imigrante árabe numa pequena terra na Alemanha, no âmbito do Festival Internacional de Cinema sobre a Migração da Organização Internacional das Migrações (OIM) relacionado com a pandemia da Covid-19.

O filme, que fica disponível gratuitamente de 5 a 19 de agosto no link (legendas em inglês) https://bit.ly/2DkhXa8, insere-se numa iniciativa da OIM denominada Lockdown Film Club, que visa manter as pessoas entretidas, educadas e conectadas a um dos assuntos com o qual o mundo mais se preocupa: a migração.

Em nota, a que o jornal É@GORA teve acesso, a agência da ONU para as Migrações refere que o drama “Offside (Abseits)” conta a história de Dastan, um imigrante numa pequena terra na Alemanha que, tal como os outros adolescentes, quer sentir que pertence à comunidade.

“Especialmente agora, com a Covid-19 forçando essas dificuldades aos migrantes e outros povos vulneráveis ​​em todo o mundo – enquanto nos forçamos a permanecer em casa, longe das oportunidades de colaborar pessoalmente com nossos colegas. Com tantos de nós permanecendo isolados em casa, longe do local de trabalho e dos migrantes que servimos, cineastas individuais nos permitiram generosamente transmitir seus filmes gratuitamente”, assegura a OIM, que até agora gravou mais de 1500 exibições de sete ofertas do Lockdown Film Club desde o lançamento desta iniciativa em abril.

O filme é interpretado pelo ator adolescente Shkelzim Meta, um migrante de língua árabe para uma pequena cidade alemã sem nome, que pretende o que todos os adolescentes anseiam: integração.

Intimidado e ridicularizado por colegas, Dastan está dividido entre vergonha por sua mãe usar hijab (papel interpretado por Rula Badeen) e vergonha de si mesmo – por ridicularizar sua cultura muçulmana para agradar os companheiros da equipa de futebol.

“O impedimento é um drama sobre um adolescente migrante alienado, e o conflito que ele sente tentando se misturar com seus colegas de equipa – muitos também migrantes – no campo de futebol. Para Dastan, o futebol não oferece escapatória, mas se torna uma incubadora de sua vergonha”, assinala a OIM.

Este pequeno filme, dirigido por Cosima Frei, faz remete o espetador ao conflito vivido por Dastan – o que o leva a quase cometer um crime para obter a aceitação de seus colegas de equipa, descreve a sinopse.

“Mais do que nunca, todos nós precisamos nos concentrar em combater o estigma que aflige os vulneráveis, os deslocados e os despojados nestes tempos difíceis, especialmente aqueles que vivem longe de seus próprios lares e famílias. Nossos filmes em oferta celebram a coesão social e a cooperação, apesar das diferenças entre culturas e nacionalidades”, lê-se no resumo do filme que em 2018 integrou a lista de filmes exibidos no Global Migration Film Festival. (MM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here