Educação Financeira – Abre os Olhos (Jikulumessu)

0
247

Adelaide Miranda
(Life Coach de Alta Performance)
Temos estado a falar sobre finanças e ainda ontem estive no programa Visão Atual do Canal Zap Viva, em Angola, e percebi que a maioria não tem um orçamento financeiro nem tem colocado em prática a dica número 1 das finanças: paga-te primeiro!

Como podes melhorar o teu futuro financeiro se não colocas em ação aquilo que lês? Como vão as coisas mudar se não ages? Estás à espera de ganhar o Euromilhões, ou que alguém te salve? Vou dar-te as más notícias: se tu não fizeres nada, nada muda.

Pois é, é isso mesmo. Tens de agir e já. Chega de falinhas mansas e de papas na língua. A definição de loucura é fazer a mesma coisa e esperar resultados diferentes. Então, vamos nos deixar de coisas e vamos colocar a mão na massa. É importante, essencial e obrigatório que abras os olhos de uma vez por todas e entendas que enquanto não fizeres o que tens a fazer tudo ficará na mesma ou pior.

Vou facilitar o trabalho e dar-te aqui o passo a passo. Bora lá meter as mãos na massa:
1.Pega num papel em branco e numa caneta (vamos mesmo começar pelo mais básico)
2.Regista o valor do teu salário e todos os dinheiros que entrem na tua conta (sim, inclui tudo o que entra até aquele biscate). A isto vamos chamar “Dinheiro que Entra”.
3.Faz a seguinte conta: “Dinheiro que Entra” x 0.10 = Paga-te Primeiro (ou seja 10% do que ganhas é colocado imediatamente de lado). Não quero ouvir nem “ais” nem “uis”. É este valor que vais colocar de lado.
4.Vai ao teu online banking, abre uma conta poupança online, e faz uma ordem permanente de transferência do teu valor “Paga-te Primeiro” para dia 1 de todos os meses. Percebe isto: é para sempre!!!!
5.Agora, volta ao papel e regista todas as tuas despesas dos últimos três meses e faz uma média por categoria. Nem precisas começar com desculpas, basta pegar nos extratos dos últimos três meses e analisar linha a linha. Se vai demorar tempo? Vai! Mas, a tua intenção era mudar a tua vida financeira sem esforço? Isso não existe. Mãos à obra.
6.Agora faz a média desses valores, por categoria, e define o teu valor médio. Como? Imagina a conta da água, soma os últimos três pagamentos e divide por três. Acredita que irá ajudar muito.
7.Soma os valores todos que calculaste no ponto 6. Esse é o “Dinheiro que Sai” por média.
8.Agora compara o “Dinheiro que Entra” com o “Dinheiro que Sai”. Entra mais do que sai ou sai menos do que entra? Não há stress, vamos analisar o que se pode fazer. A intenção de hoje era fazer-te ter a tomada de consciência. E, fazer-te entender que para tudo há solução.
9.Faz a conta “Dinheiro que Entra” – “Dinheiro que Sai” = “Minha realidade neste momento”.
10.A “Minha realidade neste momento” se for negativa deve ser trabalhada para que se torne positiva. Por isso é que o valor “Paga-te Primeiro” é crucial. Se nunca o puseres de lado nunca vais ter por onde começar.

Para a semana, vamos falar sobre a “Minha Realidade Neste Momento”. Vou trazer-te mais uns pontos chave para a criação da tua nova vida financeira. Contudo, por hoje já fizeste muito. Já deste o passo mais importante para o início de uma nova vida financeira. Respira fundo e não penses no que não tens, vou pedir-te que durante esta semana apenas penses no que poderás fazer para inverter essa situação. Pensa apenas naquilo que tu podes fazer!

Claro que não podia deixar de pedir-te que continues a ter cuidado contigo. Não queiras ficar sem puder ir trabalhar e diminuir ainda mais o “Dinheiro que Entra”. Por isso, já sabes: não te esqueças das máscaras, da distância de segurança e do álcool gel.
Vou terminar a relembrar-te que em tudo na vida começa pela ação. Em relação às finanças “Abre os Olhos”, ou melhor “Jikulumessu”. (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here