Época de renovações

0
196

Oliver Quinto

Portugal viveu no fim de semana que passou um período marcado por promessas de renovações em duas frentes, traduzidas pela votação nas autárquicas e nos últimos dias das vindimas. Os vinhos portugueses ano a ano demonstram sua plasticidade e elegância ao alcance de todos os gostos e bolsos, a começar pelo mundialmente famoso vinho do Porto, sem nos esquecermos do vinho verde e dos rosés que arrebanham popularidade com o passar do tempo. Na contramão do que até há pouco tempo era tido como vinho de boa qualidade (vinhos com mais corpo e alto teor alcoólico), pequenos produtores de Portugal apresentam produtos que primam pela sofisticação e leveza. Como exemplo, temos o caso da Vinha das Penicas, do produtor Alberto Almeida, com seus vinhos a estagiar durante 24 meses em barricas de carvalho francês. O sommelier brasileiro Joaquim Cabral, proprietário da empresa Portugal Senses e especialista em vinhos portugueses, é notório fã dos vinhos produzidos nas Terras de Sicó. O inverno se aproxima e, no espírito das renovações, cabe reabastecer a adega com sabores inusitados e surpreendentes bem ao gosto português.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here