Escravatura em Odemira

0
157

Oliver Quinto

Um historiador do século XVIII que viesse a se transportar magicamente para os modernos tempos digitais, a clamar “Ó de Mira, tem por acaso trabalho escravo nessas bandas?”, ouviria: – Tem, sim senhor! Há que se espantar o cidadão comum que algo tão aviltante ainda encontre terreno fértil para se propagar nos dias de hoje. Há sempre que se espantar, mas jamais condescender com o que se passa com os imigrantes escravizados.”

                                       Escravatura em Odemira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here