Imigrante de Bangladesh é a 1ª pessoa menor de 30 anos vítima de Covid-19 em Portugal

0
118
FOTO: ENCYCLOPÆDIA BRITANNICA ©

Manuel Matola

A primeira vítima mortal de Covid-19 com menos de 30 anos em Portugal é um imigrante de Bangladesh, que vivia no país desde 2011, disse hoje Rana Uddin, presidente do Centro Islâmico do Bangladesh e da Associação Amizade Bangladesh-Portugal, citado pelo jornal Público.

De acordo com o diário, a vítima estava internada há um mês no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde “terá tido outras complicações de saúde”. A televisão SIC diz, no entanto, que a hipertensão era uma das patologias associadas, além do coronavírus SARS-CoV-2, que deu origem à doença Covid-19.

Hoje, o subdirector-geral da Saúde, Diogo Cruz, disse na habitual conferência de imprensa de balanço sobre a situação da Covid-19 em Portugal que “existe a lamentar, de facto, uma morte”, um cidadão com idade “entre os 20 e os 29 anos”, mas não adiantou pormenores sobre o sucedido.

No entanto, citando Rana Uddin, que preside o Centro Islâmico do Bangladesh e da Associação Amizade Bangladesh-Portugal o jornal Público assegura que se trata de um jovem de 29 anos que “era um pequeno empresário, proprietário de um restaurante, de alguns hostels e de uma loja de artesanato em Lisboa”.

A publicação refere ainda que a vítima, que “vivia em Lisboa com a mulher, uma filha, a mãe e a irmã, tinha acabado de comprar um prédio onde funcionava um restaurante e um hostel”, de acordo com relatos de Moin Ahamed​, assistente técnico no Alto Comissariado para as Migrações, também cidadão do Bangladesh.

Dados hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde dão conta de que em Portugal 1.074 pessoas morreram vítimas das doença, com idades compreendidas entre 40 e mais de 80 anos, num universo de 25.702 confirmados como infetadas. Há 1.743 casos recuperados. (MM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here