Imigrantes Moçambicanos em Portugal reúnem-se hoje com Nyusi para dizer “tudo o que lhes vai na alma”

0
93
Presidentes Filipe Nyusi e Marcelo de Sousa, Agenda repleta na visita a terras lusas
Homero Lobo

A comunidade moçambicana residente em território português terá a soberana oportunidade de dizer ao Presidente de Moçambique tudo o que lhe vai na alma, num encontro que decorre no segundo dia de visita de Filipe Nyusi a Portugal.

Apesar de uma agenda preenchida nos oito dias de visita de estado a Portugal, uma das mais aguardadas “atividades presidenciais” de Nyusi a terras lusas será o encontro que manterá esta quarta-feia com a importante comunidade moçambicana, a qual terá certamente uma mão cheia de questões a colocar ao mais alto magistrado da nação.

Na reunião em Lisboa, Nyusi vai ouvir as preocupações que afligem parte dos cinco mil imigrantes moçambicanos que vivem em diferentes distritos de Portugal, nomeadamente, os estudantes que têm tido dificuldades relacionadas com bolsas de estudo.

Esta é a segunda reunião de Nyusi com a comunidade moçambicana em Portugal, depois de a primeira realizada em 2015 logo depois que o chefe de estado moçambicano assumiu o poder em Moçambique.

A visita de uma semana do estadista moçambicano a terras lusas surge no âmbito da consolidação das relações de amizade e cooperação, nos domínios bilateral e multilateral, existentes entre estes dois países unidos pela História.

À chegada nessa terça-feira, o Presidente moçambicano reuniu-se com o seu homólogo, Marcelo de Sousa, onde, dentre outros temas, falaram sobre as relações luso-moçambicanas.

Embora o chefe de Estado português tenha defendido a necessidade de se “reforçar os laços bilaterais, em todos os domínios” de cooperação entre Portugal e Moçambique, Marcelo Rebelo de Sousa insistiu num plano que  beneficie diretamente os imigrantes: “a mobilidade das pessoas (que) é muito importante” para os cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).Até ao dia 08 de julho, último dia de visita que termina em Viseu, o Presidente moçambicano terá diversas atividades em Portugal, sendo que os momentos mais destacados passam pelas conversações oficiais com o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e com o primeiro-ministro português, António Costa, com quem irá avaliar o grau de implementação do Plano Estratégico de Cooperação 2017-2021.

Os governos moçambicano e português vão realizar a sua IV Cimeira Bilateral Moçambique-Portugal, um evento que, depois de ter estado parado durante quatro anos, foi retomado em 2018. (X)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here