Marcelo e os Imigrantes

0
310

Oliver Quinto

Há trabalhos que os portugueses não aceitam fazer. Para isso são necessários os imigrantes. Ao menos é o que pensa o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Em maio, o PR alegou que o problema da imigração, sendo mais evidente em Odemira, mostrou que a sociedade prefere ver a ponta do iceberg a discutir as condições sociais. “Não se pode viver à custa de, fingindo que eles, que realmente contribuem para aquilo que é do interesse de todos, estão a viver em condições piores do que vivem os nacionais dos próprios Estados. Há quem diga que não precisamos dos imigrantes. É mentira”.
A realidade cá está e requer a atenção e a preocupação de todos os portugueses. Não se pode apontar a batuta para o outro lado: os imigrantes precisam de Portugal tanto quanto qualquer ser humano necessita de uma vida melhor. De sua parte, Portugal necessita da mão de obra desses mesmos imigrantes. Entretanto, as rodas da engrenagem giram adequadamente apenas em um dos lados. Não há justificação para tal ruptura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here