Na perspetiva dos PLP Agricultura familiar é uma prioridade

0
407

“Década das Nações Unidas para a Agricultura Familiar: dos desafios globais à ação regional e nacional”, assim se chamou o importante  encontro organizado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), à margem da 45ª Sessão do Comité Mundial de Segurança Alimentar (45ª CFS).
Manuel Clarote, Diretor de Cooperação do Secretariado Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), esteve lá – em representação da Secretária Executiva da organização, Maria do Carmo Silveira.

Clarote reiterou no evento que “a agricultura familiar é uma prioridade” para a Organização, mencionando o que foram os “outputs” da Reunião de Alto Nível sobre Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável na CPLP, realizada ao princípio deste ano, em Lisboa, que, segundo ele “permitiu o reconhecimento político destas diretrizes [Diretrizes para o Apoio e Promoção da Agricultura Familiar nos Estados membros da CPLP” sendo necessário “avançar” e “torná-las reais para benefício destas populações e de todos nós”.

Já a Secretária Executiva da CPLP, Maria do Carmo Silveira, esteve presente no primeiro dia da 45ª CFS, que decorreu em Roma, e participou igualmente numa reunião com o Grupo CPLP e Delegações dos Estados-membros, à margem da mesma cimeira.

O CFS é um fórum intergovernamental e multi-atores que discute, desenvolve, revê e acompanha políticas mundiais nesta matéria, reportando à Assembleia Geral das Nações Unidas através do Conselho Económico e Social das Nações Unidas (ECOSOC) e à Conferência da FAO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here