Norte-americanos “patrocinam” refugiados afegãos

0
112

Oliver Quinto

Em 11 de setembro de 2021, exatamente 20 anos após o ataque às Torres Gêmeas, o presidente Joe Biden decidiu retirar as tropas norte-americanas do Afeganistão. O resultado, para os locais, foi a instauração do caos e a emigração em massa. Nesse momento de terror, os EUA vão passar a permitir que seus cidadãos patrocinem os refugiados afegãos. O objetivo é ajudar os migrantes com serviços básicos durante os primeiros 90 dias nos EUA, auxiliando-os com moradia e necessidades básicas, tais como roupas, alimentos e móveis. Cerca de 55.000 afegãos encontram-se atualmente em instalações militares à espera de serem realocados. Tal demora se deve à dificuldade enfrentada pelas agências para encontrar moradia e emprego. Para o cidadão americano participar do projeto de auxílio aos afegãos é necessário se inscrever e receber um certificado, para daí se tornar um patrocinador de facto. Pressões populares fizeram com que os EUA adotassem esse programa nos mesmos moldes que o Canadá já vinha fazendo. Uma imitação do bem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here