Quem somos? A importância de nos conhecermos.

0
215
FOTO: Journeous ©️

Adelaide Miranda
(Life Coach de Alta Performance)
Qual o verdadeiro segredo por trás do sucesso? A capacidade de sabermos quem somos, o que queremos muito especificamente e entendermos o ambiente à nossa volta por forma a traçarmos uma estratégia que nos permita atingir a visão que temos para a nossa vida. E o mais incrível é que poucos sabem quem realmente são. Temos uma vaga ideia do que as pessoas, e a sociedade, à nossa volta esperam que sejamos. E construímos uma vida com base nessa vaga ideia construída puramente em suposições que nem nos damos ao trabalho de validar.

É importante, essencial e obrigatório sabermos quem somos. Não só é das coisas mais importantes na vida, como também é o primeiro passo para o sucesso. Na vida só temos duas hipóteses: criar a vida que queremos para nós, ou seguir a vida que os outros acham que devemos seguir. Sim, é verdade que o ambiente à nossa volta também condiciona o resultado, mas as nossas ações também influenciam o nosso resultado, e… São a única coisa que realmente dependem de nós, ou seja, de que temos controlo. Portanto antes de podermos criar a vida que queremos devemos saber quem somos. Como?

Dica 1 – Conhece os teus valores
O ser humano é guiado por uma série de valores. Valores estes que regem o nosso compasso moral e, porventura, nos fazem sentir determinadas emoções perante determinadas situações. Por exemplo, perante uma situação de clara injustiça uma pessoa que considere a justiça como um dos valores mais elevados sente-se incomodada. O que se tem passado ultimamente é que não analisamos os nossos valores e passamos a maior parte do tempo “incomodados” sem sabermos bem porquê. Quando quebramos os nossos valores isso reflete-se no nosso bem-estar interior, e, embora o nosso consciente se possa ter esquecido dos seus valores o nosso inconsciente tem a perfeita noção de quais são. A solução passa por validarmos frequentemente os nossos valores para que estejam bem presentes no nosso consciente e sejam a base da maioria das nossas decisões.

Dica 2 – Descobre os teus talentos e o que te apaixona
Ao sabermos o que nos apaixona, sabemos o que nos move. Sabemos o que nos interessa, e o que nos interessa caracteriza em grande parte quem somos. Os nossos interesses são o indicador dos filtros que temos e do que selecionamos especificamente para a nossa vida. No meio de tantas possibilidades por que motivo escolhemos o que escolhemos? O que nos faz sentir? Como nos faz sentir? Os nossos interesses, assim como o nosso talento, definem quem realmente somos. Há então que tirar alguns minutos e fazermos a lista dos nossos talentos, paixões e interesses.

Dica 3 – Descobre o que “detestas”
Embora pareça contraditório, sabermos o que detestamos diz quase tudo sobre nós. Principalmente quando se trata de algumas qualidades de pessoas que conhecemos que nos incomodam. O motivo? A maioria das vezes essas qualidades que tanto detestamos são características que também possuímos e que não estão bem resolvidas, ou lembram-nos de situações mais desagradáveis que tivemos no passado. E, para acrescentar, por norma as pessoas com quem “não nos damos bem” são aquelas que possuem valores opostos aos nossos. Uma das formas de sabermos quem somos, é começar por saber quem não somos efetivamente.

Estas são algumas dicas que permitem o levantar do véu sobre a nossa perceção de nós próprios. O ideal é tirarmos um tempo para nos analisarmos e sabermos quem somos, para que possamos definir o que queremos e onde efetivamente queremos chegar. O insucesso começa na falta de autoconhecimento, e o primeiro passo para a mudança é a tomada de consciência. É importante, essencial e obrigatório colocarmos um tempinho na agenda para fazermos esta autoanálise e conhecermos o nosso verdadeiro eu.

Para quem tem dificuldade em falar consigo mesmo fica aqui um incentivador: quando estás a conversar com o teu eu, não precisas de máscaras, álcool gel, nem de praticar as distâncias de segurança. Sempre dá para respirares um pouco! (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here