Relacionamentos – As 5 Linguagens do Amor

0
311

Adelaide Miranda
(Life Coach de Alta Performance)
Estou de volta. Sinto que o amor está no ar e quero continuar a trazer consciência para o mesmo. Percebi que tenho falado muito sobre o desenvolvimento pessoal e, atenção, concordo que seja das coisas mais importantes na vida. Sabes porquê? Porque se não te conheces e não te amas, como podes amar os outros?

Pois é. Mas, como sei que te tens comportado bem e seguido todos os meus conselhos e estás no caminho do auto conhecimento vou passar-te umas dicas importantes para que possas ter relacionamentos saudáveis. O amor só não chega, sabias? Se não sabias ficas já a saber.

A semana passada estava numa live e tive um insight ousado: unir o efeito Torre de Babel com os relacionamentos. E, fez todo o sentido, tanto que preciso de partilhar agora.

O efeito Torre de Babel, sem necessitar de referenciar as palavras da Bíblia, é muito simples: Primeiro falavam todas a mesma língua e, de repente ninguém se entendia porque falavam línguas diferentes. Simples, assim. Não precisamos de entrar em detalhes.

E, como está relacionado com os relacionamentos? Gostei do “relacionado com os relacionamentos” aponta essa. Bem, fora de brincadeiras: os relacionamentos também são assim, primeiro falam todos a mesma língua, ou várias línguas, e depois ninguém se entende. Aqui está a verdade verdadeira e, o amor deixa de ser suficiente.

O motivo pelo qual isto acontece deve-se obviamente às várias linguagens do amor: sim, existem várias linguagens do amor. Pelo menos 5. E, no início do relacionamento todos nós sabemos falar as 5, mas quando deixa de ser novidade assumimos a nossa linguagem principal. O problema surge quando cada um tem uma linguagem principal diferente. Ou seja, eu digo amo-te em português, tu dizes amo-te em chinês, mas tu não percebes português e eu não percebo chinês. O que acontece? Ninguém se entende e estamos os dois a gritar Amor! E, quando pensamos que não somos correspondidos o que realmente está a acontecer é usarmos linguagens diferentes. Pois, tão simples assim.
Então, aqui vão as 5 linguagens do amor para que as possas identificar:

1.Palavras de afirmação ( ex. elogio, um vai dar tudo certo)
2.Qualidade de tempo ( ex. passeios, ver um filme )
3.Presentes ( ex. uma flor, uma pizza lembrei-me de ti e trouxe-te 1 chocolate)
4.Gestos de serviço (ex. lavar a louça, lavar o carro)
5.Toque físico ( ex. beijinhos ,abraços)

O que te peço é que prestes atenção ao teu relacionamento. De que forma é que a outra pessoa comunica predominantemente? Pensa que aquilo que ela faz é o que gostaria de receber. Explorem a linguagem de amor um do outro e aprendam. Nada melhor do que ser pelo menos bilingue. Misturem as coisas: “Eu love usted tres zer”. Não fiques à espera de aprender a linguagem na perfeição, a prática torna perfeito.

Aqui estão as 5 linguagens e a única dica que precisas para que fales a mesma linguagem no teu relacionamento. Espero que o efeito Torre de Babel deixe de existir e que te tornes poliglota.

Entretanto, como disse a semana passada para vivermos bons relacionamentos convém estarmos bem de saúde certo? Assim sendo, vamos a cuidar de nós da melhor forma que podemos nesta situação de pandemia: máscaras, distâncias de segurança e lavar as mãos com frequência. (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here