Repatriamento: Grupo dos 300 imigrantes brasileiros já de plantão, em fila, à entrada do aeroporto

0
1387
O grupo de imigrantes que saiu de várias regiões de Portugal

Elisabeth Almeida

Parte dos mais de 300 imigrantes brasileiros que tentam uma vaga no voo de repatriamento ao Brasil, hoje, às 14:00, já está de plantão no Aeroporto de Lisboa, mas a entrada ao interior das instalações está condicionada: apenas os cidadãos com nome na lista podem entrar e fazer todo o processo de embarque, quem não tem deverá aguardar fora das instalações. A enchente já chama atenção, conforme as imagens que estão a ser enviadas ao jornal É@GORA a partir do aeroporto, onde paira a incerteza.

“Estou me vendo lá: eu no frio e eles numa fila no sol à espera de vagas sobrando no voo de repatriamento”, disse ao jornal É@GORA André Soncin, brasileiro repatriado no final de abril e que, entretanto, continua porta-voz do grupo dos brasileiros que estão a tentar o repatriamento ao Brasil.

Como já era previsto pelos organizadores de grupos de apoio ao imigrante brasileiro em terras lusitanas, após presenciarem o repatriamento de compatriotas que “acamparam” no aeroporto de Lisboa no último voo do dia 30 de maio, brasileiros de todas as partes de Portugal estão mesmo a deslocar-se ao Aeroporto Humberto Delgado.

“Muitas pessoas estão na fila aguardando uma chance, pois só está entrando (no aeroporto) quem está com o nome na lista”, disse Érika Santos Silva, um dos integrantes do grupo de brasileiros ainda sem garantia de regresso ao país.

Parte dos 13 brasileiros que estavam no Inatel têm garantia do voo
Alguns dos 13 imigrantes que estavam hospedados na Inatel, em Lisboa, também já estão no aeroporto, pois têm confirmado os lugares para o voo fretado pelo governo brasileiro, tal como Alex Santos, que já embarcou.

“Agora foi tudo bem, por que na primeira vez (que eu estive aqui) eles nem olharam e nem nada. Agora eles chegaram e reuniram nosso grupo, nos separaram das pessoas para poder ter organização sobre a gente e chamou a Segurança Social para ajudar na organização. Aqui dentro do aeroporto está vazio, mas lá fora está cheio de gente”, disse Alex Santos.

O imigrante Alex Santo, natural de Minas Gerais, aguardava pelo voo de repatriamento desde o dia 16 de abril, quando recebeu um comunicado do Consulado Brasileiro em Lisboa avisando que estaria no voo do dia 22, mas de seguida teve o nome retirado da lista.

“Eu fiquei na luta e graças a Deus eu consegui. Meu voo era para o mês passado e eu vim mesmo assim nos outros dias, fiquei na rua: Ficava um pouco aqui e outro ali. Eu não tinha lugar para ficar e acabamos ficando ao cuidado da Segurança Social de Portugal e fomos muito bem acolhidos, muito bem tratados e nos acompanharam aqui até o final. Tudo valeu a pena”, concluiu Alex.

O desejo de muitos imigrantes brasileiros regressarem à terra natal está a causar ansiedade tanto aos que estão no aeroporto à espera de uma sorte para embarcar caso haja lugares remanescentes, como aos próprios organizadores dos grupos de imigrantes, conforme reconheceu ao jornal É@GORA André Soncin, a partir do Brasil.

“Eu estou aqui sem dormir desde ontem, na ansiedade para que todos consigam voltar para a casa. Mesmo que digam que aqui (no Brasil) a crise está pior, é nossa terra, junto com nossa família… querendo ou não, é diferente atravessar um momento como esse sozinho, em um país diferente e ao lado ‘dos nossos’. Minha esperança é que todos tenham a sua vitória! O resultado é incerto, assim como foi comigo, será a mesma luta e a mesma novela, mas com outras pessoas”, afirmou André Soncin.

O voo de repatriamento de hoje sairá da capital portuguesa às 14 horas com destino a São Paulo, sendo a sétima aeronave fretada para tal destino. Os doze brasileiros alojados no Hostel do Inatel, em Oeiras já estão com nomes confirmados na lista e devem chegar a qualquer momento no Aeroporto Internacional de Lisboa.

Na quinta-feira, o Consulado do Brasil de Lisboa emitiu uma nota na qual “desencoraja” ida de imigrantes ao aeroporto de Lisboa sem convocação. (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here