Saúde Mental: Como detetar os sinais de depressão

0
164

Adelaide Miranda
(Escritora, Engenheira, Empreendedora)
Para além da Economia, a Covid-19 tem afetado o nosso estado de espírito. Coincidência ou não o número de suicídios tem vindo a aumentar. A nossa saúde mental está a ser fortemente afetada por esta pandemia. Se antes já nos sentíamos sozinhos e perdidos num mundo com biliões de pessoas, agora que o contacto social foi diminuído de uma forma abruta, a situação agravou-se.

Sentimos falta dos abraços e dos jantares entre amigos. Sentimos falta das aulas e do convívio na hora dos intervalos. Sentimos falta de cumprimentar as pessoas sem sentir medo de ser contaminados. Sentimos falta de sermos espontâneos… Sentimos falta de sermos humanos.

É importante, essencial e obrigatório cuidarmos da nossa saúde mental. Temos de aceitar a situação tal como ela e é agir de acordo com a nossa consciência. A vida continua, e, quem sabe, as crianças de agora não conhecerão nenhuma outra realidade na sua vida. Nasceram com máscaras e viverão com máscaras. Se esta é a nossa nova normalidade que aprendamos a viver assim.

A questão é: como identificar que a nossa saúde mental está a ser afetada pela situação Covid-19? Como perceber os sinais que se percebidos a tempo podem evitar entrarmos no estado depressivo?

Aqui vão 5 sinais que podemos facilmente identificar

Sinal 1 – Perda de Interesse

Todos nós temos atividades que nos entusiasmam e nos fazem levantar do sofá num ápice. De repente, passamos o dia sem interesse algum. Sem qualquer vontade de irmos a algum lado… As atividades que nos interessavam já nem aquecem o coração… Este é um dos primeiros sinais de depressão. Presta atenção.

Sinal 2- Alteração de Apetite

Uma mudança brusca nos nossos hábitos alimentares também é um dos sinais mais alarmantes de uma potencial depressão. Ou comemos de mais, ou comemos a menos… O nosso regime alimentar muda sem explicação. Tenta perceber o que te leva a comer mais ou menos. O que se passa dentro de ti quando sentes vontade de comer ou quando sentes que perdeste a fome? Analisa.

Sinal 3 – Insónias ou Longas Horas de Sono

A alteração no nosso padrão de descanso é mais um sinal de depressão. Horas e horas sem dormir ou horas e horas na cama sem vontade de levantar. Tenta entender o que te inquieta ou do que estás a fugir.

Sinal 4 – Raiva ou Irritabilidade

Tudo te irrita. Não tens paciência para nada. Só apetece andar ao sopapo ou aos pontapés. Não consegues controlar a raiva ou o teu estado de irritabilidade. Alerta vermelho! Para imediatamente e tenta perceber por que motivo a mínima coisa irrita-te.

Sinal 5 – Questionar a tua Existência

Dás por ti a questionar constantemente a tua existência. Porque é que nasceste? Porque é que estás onde estás? Será que as pessoas à tua volta iriam sentir a tua falta. É normal que esporadicamente nos questionemos relativamente ao nosso propósito no mundo, mas questionar a nossa existência é um sinal de alerta vermelho e perigo iminente.
Reconheceste os sinais? Procura ajuda. É normal que nos sintamos perdidos perante toda esta situação, mas podemos sempre adaptar-nos a ela. A sobrevivência do ser humano é através da adaptação, sempre foi assim e sempre será.

Liberta-te de tabus e procura apoio. Consulta o teu médico de família, liga para linhas de apoio… Faz qualquer coisa, só não fiques sem fazer nada. A tua saúde mental merece tantos cuidados quanto a tua saúde física.

Caso não reconheças esses sinais em ti, mas reconheças em pessoas próximas de ti, aciona todos os botões de socorro. Presta atenção, conversa com a pessoa em questão, não permitas que se feche no seu mundo.

Espero que estes sinais sejam úteis para salvar algumas vidas. Entretanto, já sabemos que diariamente devemos ter cuidado com as vidas dos outros cumprindo com as medidas de segurança. (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here