SEF detém 10 pessoas, incluindo duas mulheres com passaportes diplomáticos falsificados

0
514

Manuel Matola

Duas mulheres foram detidas quando tentavam embarcar com passaportes diplomáticos falsificados através do Aeroporto de Lisboa, onde faziam escala de um voo com origem na Bolívia e destino em Madrid, anunciou hoje o SEF que esta quinta-feira intercetou 10 imigrantes em diferentes situações irregulares.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) garantiu esta sexta-feira que, no decorrer da sua atividade diária, no dia 15 de julho, detetou, no Aeroporto de Lisboa, dez cidadãos estrangeiros em diferentes situações irregulares, incluindo as duas mulheres cujas nacionalidades não foram reveladas.

“No decorrer da análise documental, os inspetores do SEF detetaram características anormais nos documentos, o que levantou suspeitas”, contou a polícia migratória em nota divulgada, acrescentando que “através de uma análise mais precisa, foi possível perceber que, de facto, os passaportes haviam sido alterados com o propósito de entrarem em Espanha sem o visto necessário”.

Neste dia foram detetadas, também, seis cidadãos estrangeiros sob os quais pendiam medidas cautelares: uma pessoa com mandado de captura e detenção, outra para paradeiro, controlo específico e três para apreensão de documentos.

Também no Aeroporto de Lisboa foi recusada a entrada a dois passageiros por não comprovarem o objetivo e condições da estada, refere o SEF. (MM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here