SEF deteta 19 comprovativos de testes falsificados de Covid-19

0
260

Manuel Matola

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detetou, no ponto de passagem autorizado (PPA) de Marvão, 19 testes falsos à Covid-19, durante a revista à viatura de um cidadão estrangeiro condenado pelo tráfico de estupefacientes e por porte de arma ilegal.

Esta é a segunda vez em menos de uma semana que o SEF deteta comprovativos de testes à Covid-19 que tinham sido falsificados.

Em nota hoje divulgada, SEF anunciou que detetou, na passada sexta-feira, no ponto de passagem autorizado (PPA) de Marvão, um cidadão estrangeiro sob o qual pendia uma medida de interdição de saída de Espanha, tendo por isso sido entregue às autoridades espanholas para efeitos de cumprimento de pena.

“Durante a revista à viatura, os Inspetores do SEF encontraram 19 testes falsos à Covid-19 com datas posteriores a 17 de abril e mais de sete mil euros, bem como um passaporte que apresentava indícios de falsificação”, refere o organização.

Na semana passada, o SEF anunciou ter detetado, no ponto de passagem autorizado de Vila Verde da Raia, no concelho de Chaves, 15 cidadãos, de nacionalidade portuguesa e estrangeira, com idades compreendidas entre os 19 e os 63 anos, a trabalhar em vários países europeus, intercetados pelos inspetores do SEF depois de terem efetuado uma manobra suspeita com a viatura onde seguiam.

De acordo com a informação avançada na altura, ao apresentarem os documentos de identificação, as pessoas em causa mostraram também “comprovativos de teste à covid-19 com indícios grosseiros de falsificação”, o que foi posteriormente confirmado pelo laboratório.

As fronteiras com Espanha estão fechadas desde 31 de janeiro devido à pandemia de covid-19, sendo apenas permitida a circulação entre os dois países nos 18 pontos de passagem autorizados. (MM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here