SEF interceta correio de droga com 100 gramas de cocaína no organismo

0
82
Instituição que assegura o controlo de entrada de estrangeiros em Portugal

Um cidadão proveniente do Brasil foi detido no aeroporto de Lisboa, após ter sido intercetado com 100 cápsulas de estupefaciente no organismo, tendo, de seguida, expelido 48 cartuchos que identificou como sendo cocaína, indicou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo a polícia migratória portuguesa, o cidadão fazia-se transportar num voo procedente da cidade brasileira de São Paulo e pretendia viajar para Espanha quando foi intercetado à chegada ao território português no primeiro controlo documental realizado pelo SEF.

“Aí o passageiro declarou transportar 100 cápsulas de produto, que identificou como sendo cocaína, no interior do intestino, tendo expelido 48”, refere uma nota do SEF, que acrescenta que o detido foi entregue à Polícia Judiciária “para os ulteriores trâmites processuais”.

Segundo estimativas da Polícia Judiciária, nos últimos cinco anos, Portugal registou mais de 600 casos de correios de droga, muitos dos quais transportando o produto no interior do organismo, uma estratégia a que as autoridades policiais chamam de ´swallow` (ingestão): o ato de engolir invólucros de droga por parte de indivíduos que são pagos para os transportar de um país para o outro. (X)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here