SEF interceta seis passageiros com documentos falsificados no Aeroporto de Lisboa

0
364
Polícia migratória em Portugal. SEF ©


O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detetou, esta semana, no Aeroporto Internacional de Lisboa, três passageiros com documentos falsificados que tentavam viajar para o Canadá e Alemanha.

No controlo de um voo para Toronto, foram intercetados dois passageiros portadores de documentação fraudulenta. Um deles tentava embarcar com um passaporte comum, emitido por Itália, contrafeito.

O outro passageiro apresentou também um passaporte comum, emitido pela Letónia, cuja página biográfica havia sido contrafeita,indica uma nota da polícia migratória portuguesa.

A instituição que assegura o controlo de entrada de estrangeiros em Portugal conta que “num voo com destino a Hamburgo, foi detetado um passageiro portador de um Cartão do Cidadão nacional também contrafeito”.

“Já na semana passada”, destaca a mesma nota, “foram também detetados três cidadãos estrangeiros que apresentaram documentação falsa no controlo de fronteira”.

Dois deles foram intercetados no controlo de fronteira com destino à Guiné-Conacri, quando tentavam viajar com passaportes cuja página biográfica havia sido substituída.

Num voo com destino a Edimburgo, foi identificado um cidadão portador de um documento de identificação, emitido por Itália, contrafeito.

Todos os documentos fraudulentos foram entregues em juízo, junto com os detidos, assegura o SEF. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here